Quantidade de Páginas visitadas

HISTÓRICO DO COLÉGIO ESTADUAL PROF. JÚLIO CÉSAR – ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E NORMAL.

Rebouças, abril de 2009.

70 anos

Na data de 1939, funcionavam no município de Rebouças, somente escolas isoladas, dentro da própria sede. Dessa data em diante, passou a funcionar o “Grupo Escolar de Rebouças” em prédio improvisado para esse fim. O prédio situado na travessa Prudente de Morais, era de madeira e bastante estragado, motivo pelo qual o diretor e professores trabalhavam com dificuldade, tendo que funcionar os três períodos para comportar todos os alunos : 1ª série 89, 2ª série 40, 3ª série 28, 4ª série 20 alunos todos do 1º grau.

Daí a aspiração dos reboucenses em conseguir a construção de um prédio próprio para suas instalações, em 1941 o “Grupo Escolar de Rebouças”, passou a chamar-se “Grupo Escolar Professor Júlio César” em homenagem ao professor paranaense pelo seu relevante trabalho prestado à educação.


Mais tarde, em 1944, o interventor Manoel Ribas realiza a compra de um terreno, pelo Estado do Paraná, de propriedade da senhora Maria Ferreira Afonso, para a construção da escola. Na escritura funcionando como procurador o senhor Altair Bittencourt, na época prefeito da cidade de Rebouças, sendo adquirido um lote de terreno com área de 7830 m2 situado na Avenida Siqueira Campos, por um lado com a Avenida Antônio Franco Sobrinho, pelo outro com o terreno de Badi Elias e com o arroio do Barreiro, pelos fundos com uma rua sem nome. O valor do imóvel na época foi de CR$ 5000,00 ( cinco mil cruzeiros).

O Grupo Escolar Professor Júlio César foi construído em “V” (alegoria a vitória), no estilo colonial mexicano, jônico e dórico, com grandes entalhes e afrescos do primitivo, civilização maia e magnífica escultura dos astecas, significando paredes em ângulos recobertos de estuque, um dos mais belos e modernos da época.

Diante da conquista realizada em sua construção, dois reboucenses compuseram um hino em louvor a escola: letra João Rodrigues e música Vitório Cruz.

O Colégio Estadual Professor Júlio César, como hoje é chamado, não ficou estático, desde a sua criação até hoje vem acompanhando as evoluções ditadas pela sociedade e Secretária de Estado da Educação, dentre as mudanças podemos relacionar as seguintes:

  • 1965 – Funcionou uma Escola Normal de Grau Ginasial. O Decreto nº 19.575 de 29 de setembro de 1965 refere-se a criação de Escola Normal “Dr. Washington Luiz” da cidade de Rebouças/PR, em substituição da Escola Normal de Grau Ginasial.

  • 1966 – Passou a funcionar duas Escolas Normais; uma de grau ginasial e a outra de grau Colegial. Em primeiro de março de 1966, iniciou-se o ano letivo com uma turma única de 26 alunos. A aula inaugural foi da professora Adoraci Leal de Miranda, Professora de História. O tema abordado pela Professora foi a História da Escola Média Moderna e sua correlação com as demais disciplinas.

  • 1968 – Extinta a Escola Normal de Grau Ginasial, funcionando apenas a de Grau Colegial.

  • 1978 – Reorganização do Grupo Escolar professor Júlio César, para Escola Professor Júlio César Ensino de Primeiro Grau.

  • 1979 - Firma convênio o Colégio Professor Júlio César – Ensino de 1º e 2º Graus com a Casa Escolar São José, ambas de Rebouças / Pr., para a prática de Ensino de 1ª a 4ª Série do 1º Grau. Os colégios cedem suas classes de 1ª a 4ª série do 1º Grau, onde os alunos do 2º Grau – Habilitação Magistério, terão oportunidade de efetuar o Estágio Supervisionado na prática de Ensino.

  • 1981 – Iniciou a Habilitação Básica em Comércio.

  • 1992 – A partir do início do ano letivo de 1992, através da Resolução nº 3480/92, de 19 de outubro de 1992, o Colégio Estadual Professor Júlio César – Ensino de 1º e 2º Graus passou a denominar-se “ Colégio Estadual Prof. Júlio César- Ensino de 2º Grau” ficando suspenso em caráter definitivo, as atividades escolares relativas as quatro primeiras séries do 1º Grau, que ficaram sob a responsabilidade da Prefeitura Municipal de Rebouças. Com a municipalização do Ensino, a Escola do 1º Grau, passou a denominar-se “ Escola Municipal Erasmo Pilotto – Ensino Pré-escolar e de 1º Grau, a qual funcionou no mesmo prédio até o ano de 2006.

  • 1999 - foram extintas as Habilitações de Ensino Profissionalizante e implantado o Ensino Médio e a denominar-se: Colégio Estadual Prof. Júlio César – Ensino Médio.

  • 2005 - implantação gradativa do Ensino Fundamental e passou a denominar-se: Colégio Estadual Prof. Júlio César – Ensino Fundamental e Médio.

  • 2006 - implantação do Curso de Formação de Docentes e passou a denominar-se: Colégio Estadual Prof. Júlio César – Ens. Fundamental, Médio e Normal.

O Colégio Estadual Professor Júlio César, Ensino Fundamental e Médio, mantido pelo governo do Paraná, no município de Rebouças, Núcleo de Irati,

disponibiliza os seguintes cursos.
a) Ensino Fundamental:(período vespertino)

  • s séries: 03 turmas

  • s séries: 03 turmas

  • s séries: 03 turmas

  • s séries: 02 turmas
    b) Ensino Médio (período matutino e noturno):

  • s séries: 04 turmas

  • s séries: 04 turmas

  • s séries: 04 turmas

c) Curso de Formação de Docentes (período matutino e noturno):

  • 1ª série: 01 turma

  • série: 01 turma

  • 3ª série: 01 turma

  • 4ª série: 01 turma

d) Celem - Espanhol (período matutino, vespertino e noturno):

  • s séries: 03 turmas

  • s séries: 02turmas

e) Sala de Apoio - Período Matutino

f) Oferta Educação Especial, modalidade da Educação Básica

g) Sala de Recurso - Período Matutino

Quanto as funções Administrativas o Colégio é assim organizado: Diretor, Diretor Auxiliar, Pedagogas, Secretário, Agente Educacional I e Agente Educacional II.

Assim, nosso Colégio se destaca no Município devido sua tradição, organização e principalmente o amor que todos cultivam por ele.

Passaram pela direção do Colégio desde 1939 até 2009:

1939 – Aristeu Costa Pinto

1939 – João Baltazar Júnior

1941 – Joana Richter Franco

1942 – João Rodrigues de Oliveira

1942 – Ary Martina

1942 – Hermínia Pacheco Marquel

1956 – Odete Pujak

1957 – Maria Luiza Franco Veiga

1963 – Nadir Cruz Andrade

1967 – Cleuza Ferraz

1969 – João Salomo Stadler

1970 – Lúcia Mellen

1971 – Zarife Ayub

1978 – Aresky de Almeida Godoy

1981 – Darci Ruppel

1983 – Theophil Klemens Feirabend

1985 – Verônica Cabral

1989 – Iara Regina da Silva Król

1996 – Julia Tumasz Franco

2009 – Wesley Molinari

  • Bandeira do Colégio:

Em 1993 foi criada a Bandeira do Colégio Professor Júlio César, onde está em destaque, no centro de um quadrilátero azul marinho, o “V” da vitória dos reboucenses em conseguir um grupo escolar. Este “V” é feito com a cor branca para representar a paz, a sobriedade e a sensatez que fundamentam a filosofia do colégio através de seus ensinamentos que prepara a juventude para uma grande vitória. Este “V” central ainda revela que muitos conseguiram vencer em sua vida baseados nos alicerces recebidos no colégio.


  • Hino do Colégio:

Letra: João Rodrigues

Música: Vitório Cruz

Julio César” farol altaneiro
    Tua imagem é nosso coração

Fostes dos mestres o primeiro

Luz benfazeja da instrução.

    O teu nome é cheio de glória

Tua alma é cheia de Luz

                        Tua obra foi grande meritória

E ainda nossos passos conduz.

    Julio César, Julio César, Julio César

Nosso guia, nosso coração

Saberemos o teu nome venerar

E a ti nossa mais pura gratidão

    O teu nome veneramos com amor

    E nunca esquece-lô poderemos

Viveste cheio de esplendor

A ti um hino de fé entoaremos.

    Salve pois o patrono amado

Deste nosso grupo querido

Salve pois o varão venerado

Da pátria jamais esquecido.

  • Biografia de Júlio César de Souza Araújo

O professor Julio César, nasceu na cidade de Imbituva – Centro Sul do Paraná, sendo o nome completo Julio César de Souza Araújo. Conforme dados registrados na cidade natal, consta que o professor foi um grande educador que lecionou naquela cidade.

Foi casado com a senhora Manoela, com a qual teve três filhos: Heraclídes César, Hostilho e Hildebrando de Souza Araújo.

O professor lecionou no período de 1875 a 1877, sendo que as aulas ministradas pelo professor tiveram início no dia 1º de junho de 1875, na escola denominada Freguesia do Cupim, onde na época o estudo ministrado pelo professor era apenas para meninos. Consta como prova documental o primeiro aluno do livro de chamada da classe do professor Julio César era Albino Pereira do Canto, filho de Belarmino.

No dia 1º de abril de 1891, foi criada a Escola do Sexo Masculino de Imbituva, conforme nomeação do professor Julio César, efetuado pelo governador do Estado General Aguiar Lima.

Cabe salientar que seu filho Hostílho de Souza Araújo, foi inspetor literário do município de Imbituva, na década de 40, e seu filho Heraclídes de Souza Araújo, foi um médico de renome, pois foi um pioneiro no estudo e nas medidas iniciais de combate a lepra em toda a América do Sul. Em 1917, planejou em todos os detalhes o primeiro leprosário oficial do Brasil, e também da América do Sul, mais tarde construído em Piraquara no Paraná, lançou fundamentos da regulamentação da profilaxia da lepra. Os trabalhos deixados como documentos históricos analisam e estudam o problema da lepra em todas as partes do mundo.

O povo reboucense homenageou o antigo professor paranaense, pelo seu relevante serviço prestado na educação e na data de 1941 o Grupo Escolar de Rebouças, passou a denominar-se Grupo Escolar “Professor Julio César”.


Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito